Amamentação é a base da vida

Amamentação é a base da vida

Amamentação

A Amamentação é a base da vida, sem dúvidas. O Leite Humano é muito mais que um composto de nutrientes. É uma substância viva de grande complexidade biológica e altamente preparada para cada bebê.

Todos os estudos que envolvem a composição e os benefícios reais do leite humano foram comprovados cientificamente em um longo estudo realizado por mais de três décadas, desenvolvido pelo renomado professor da Universidade de Pelotas/RS, o epidemiologista Dr. Cesar Victora. Seus estudos sobre Amamentação e Nutrição Materno-Infantil demonstraram o impacto do aleitamento materno exclusivo sobre a mortalidade infantil e os efeitos da nutrição nos primeiros anos sobre a saúde da infância à idade adulta. Seus estudos definiram o rumo de políticas e campanhas de saúde pública adotadas hoje internacionalmente.

Uma de suas teses comprovou a relação direta entre amamentação exclusiva e prevenção da mortalidade infantil: é fundamental enquanto sociedade que saibamos reconhecer esses indicadores de saúde pública e promover de forma generosa e global o apoio e incentivo ao Aleitamento Materno.

Desde 1992 foi lançada pela WABA (Aliança Mundial para Ação em Amamentação) a Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) que tem por objetivo dar visibilidade a amamentação, incentivando todos os grupos do mundo a trabalhar o tema na prática e a colocá-lo na mídia para ampla divulgação.

A SMAM 2018 tem como temática: Amamentação - é a base da vida.

A amamentação é uma recomendação universal, pois proporciona pleno equilíbrio, levando a todos um bom começo de vida. De modo geral o aleitamento materno contribui para a saúde, bem-estar e a sobrevivência de mulheres e crianças em todo o mundo.

Informar a sociedade sobre a importância da amamentação e como ela está ligada a redução da desnutrição, da morbidade e mortalidade infantil e redução da pobreza. Considerando as práticas de segurança alimentar garantidas pela amamentação uma vez que cada mãe produz o leite ideal para o seu bebê. A composição é biologicamente perfeita e completa e assim a mãe garante um alimento saudável, seguro, completo e ainda com baixo custo.

Ter na amamentação a certeza de estar fornecendo a dose de nutrientes na medida para o seu bebê e estar contribuindo para o futuro de forma generosa e consistente das próximas gerações. Quando afirmamos que a amamentação é a âncora para uma base alimentar segura, falamos de crianças com potencial de QI elevado, maiores níveis de educação e consequentemente níveis de renda salarial maiores.

Envolver-se é uma necessidade emergencial a sociedade estar envolvida neste processo de grande impacto mundial, onde poderemos juntos salvar a base do nosso futuro, as nossas crianças. Podemos construir juntos, unindo forças por um mesmo propósito, e envolver os indivíduos como parte fundamental na construção de um mundo melhor.

Estimular ações de impacto e que mobilizem a sociedade a participar de forma coletiva para promover o aleitamento materno como parte fundamental da nutrição, da segurança alimentar e também como estratégia para a redução da pobreza. Valorizando o potencial de cada mulher e sua capacidade de nutrir seu filho e a sociedade como base edificante para apoiar, incentivar e promover o aleitamento materno.

O que nos move então em prol do Aleitamento Materno?

Com este propósito único de Apoiar, Promover e Incentivar o Aleitamento Materno a Maternité idealizou um projeto lindo juntamente com o Prataviera Shopping numa Campanha de mobilização social em Caxias do Sul e região com o tema: Amamentação: é a base da vida – SMAM 2018.

Este projeto tem por objetivo mobilizar a sociedade em geral sobre o impacto social que o Aleitamento Materno promove em nível de economia, sustentabilidade, segurança alimentar e todos os seus demais benefícios e mostrar a importância da sociedade como um todo em apoiar, incentivar e promover o Aleitamento Materno de forma global, desconstruindo pré-conceitos estabelecidos sobre a mulher e sua capacidade em nutrir seu filho, o poder do leite materno para salvar vidas e a necessidade dos indivíduos de saberem seu papel na construção deste novo olhar sobre a importância do Aleitamento Materno.

As ações irão unir empresas engajadas em prol do Aleitamento Materno, com mostra fotográfica de mulheres amamentando, palestras sobre a Importância da Amamentação, Capacitação de Profissionais da área materno-infantil sobre boas práticas hospitalares, ambulatório de amamentação, pilates com bebês, dança materna e a participação de mães empreendedoras que amamentam na volta ao trabalho.

A amamentação tem o mês de agosto como o mês ouro para falarmos de sua importância, mas é fundamental permanecermos com a mesma ideologia ao longo do ano todo, pois amamentar é prática diária, é rotina em milhares de lares, de hospitais, de bancos de leite e tudo que fizermos é importante, mas precisa ser contínuo, ser atemporal, isso é que causará impacto na sociedade a médio e longo prazo.

“O leite materno humano é, portanto, não apenas uma fonte nutricional perfeitamente adaptada aos bebês, mas provavelmente o medicamento mais personalizado que o bebê receberá, oferecido em um momento em que a expressão genética está sendo aperfeiçoada para a vida.”

Apesar de todas as evidencias atuais e científicas, as mulheres de todo o mundo ainda não tem o suporte que necessitam para amamentar. O que acontece? Onde é preciso melhorar?

1) Políticas Públicas de Saúde: É fundamental que os governantes entendam que incentivar e promover o Aleitamento Materno é economia SIM. Os números são expressivos:

* Ganhos econômicos: US$302 bilhões/ano: (0.47% do GNP mundial) - Pelo aumento da produtividade associada a maior inteligência.

* Estimativa dos benefícios em saúde: Redução dos gastos em assistência médica em quase $400 milhões nos EUA, Reino Unido, Brasil e áreas urbanas da China.

2) Rede de apoio: é fundamental essa mulher se sentir apoiada, incentiva e que as pessoas ao seu redor, esposo (a), mãe, pai, irmãos, amigos e demais familiares se sintam participantes do processo, através do acolhimento, do entendimento da importância em amamentar seu bebê, protegendo das práticas médicas precipitadas na introdução de fórmulas nos primeiros dias de vida.

3) Ambiente favorável à amamentação: AMAMENTAR deve ser em qualquer lugar. Não existe lugar ideal para amamentar, o ideal é onde essa mulher escolhe fazer a nutrição do seu bebê. Pode ser na loja do shopping, na praça de alimentação, na sala da sua casa, na sala de espera, na casa da amiga, e todos como sociedade devemos incentivar essa prática. Assim a promoção ao aleitamento se torna mais empática e real.

4) Apoio profissional: Amamentar não é fácil. Requer treino, paciência e doação. Mas é possível. Em muitos casos não ocorre de forma tão natural quanto parece, e para quando essas dificuldades surgirem, procure ou indique uma especialista em Aleitamento Materno. É o investimento mais assertivo neste processo, onde você contará com profissional qualificada e pronta para atender à todas as suas demandas, estudando cada caso em suas particularidades e entregando a melhor solução para reduzir a dor, o desconforto, e contribuir para uma amamentação plena e generosa para você e seu bebê.

Junto com o foco da SMAM 2018, a Maternité busca levar ao longo de todo o ano em sua essência, qualidade em cada atendimento de forma a prevenir todos os tipos de desnutrição, garantir a qualidade alimentar em tempos de crise, quebrar o ciclo da pobreza e a redução das desigualdades. Todos nós temos um papel importante a desempenhar para garantir o crescimento, desenvolvimento e sobrevivência de todas as crianças ao redor do mundo.

Nossos atendimentos acompanham todas essas fases desde pré-natal até o desmame para que tudo ocorra de forma generosa para ambos, mamãe, bebê e família. Conte com o apoio e atendimento qualificado de quem é especialista na área materno-infantil e pode contribuir nesse momento de muitas descobertas, de forma personalizada, humana e profissional.

Acreditamos que juntos podemos proteger, promover e apoiar a amamentação como a base da vida!

MATERNITÉ - ASSISTÊNCIA MATERNO-INFANTIL