Depilação a laser

Depilação a laser

Estética

A depilação definitiva é totalmente eficaz e pode ser feita por homens e mulheres em todas as áreas do corpo.

A aplicação do Laser de diodo Milesman premium, consiste na emissão de um feixe de luz vermelha unidirecional, potente e exclusivo para a depilação a laser, que acontece em uma fração de segundos. O laser consegue a máxima absorção da melanina do pelo com a mínima dispersão, por isso é tão eficaz.

A área a ser tratada é dividida em partes e o laser é aplicado de forma direcional em cada área. Para a maior absorção do feixe de luz, é ideal que o pelo esteja grosso e em crescimento, condição que é conseguida através da depilação com lâmina na região que deve acontecer durante todo o tratamento. Para que a pele se preserve em ótimo estado para o tratamento, é preciso que a área a ser tratada não seja exposta ao sol. Além disso, é fundamental o uso de hidratantes e filtro solar FPS 30 ou superior.

Por outro lado, justamente por conta dessa questão de que o laser é atraído pela melanina, peles bronzeadas, morenas e negras devem ser tratadas com muito critério, pois a chance de ter queimaduras e manchas é maior. Nesses casos, a melanina da pele se confunde com a do pelo, podendo provocar manchas escurecidas. Mas, isso é facilmente controlado com a quantidade de emissão de luz, que deve ser mais baixo, o que pode aumentar o número de sessões durante um tratamento.

O que define um bom profissional é o domínio que ele tem sobre o aparelho.

No período pós-procedimento normalmente não há dor, mas é comum a pele ficar vermelha e em alguns casos, irritada, principalmente nas pessoas mais sensíveis.

O número de sessões varia de acordo com diversos fatores: sexo, cor da pele, cor e espessura do pelo, região do corpo, disfunções hormonais e hereditariedade. Pelos mais escuros e espessos, respondem melhor ao tratamento. O tratamento dura em média de 8 a 10 sessões, com intervalo médio de 30 a 60 dias entre elas para que possam atingir os pelos na fase ideal. O pelo tem três fases de crescimento, e só serão eliminados na fase Anágena, quando existe uma concentração de melanina ativa na estrutura do bulbo (raiz), que permitem a sua destruição.

A cada aplicação, alguns dos folículos pilosos (entre 10 e 30%) são destruídos por estarem na fase correta, não produzindo mais pelos, enquanto outros são danificados, permitindo que os fios voltem a nascer. Após as primeiras aplicações, os resultados já são visíveis e, ao final de 8 a 10 aplicações, quase todos os pelos são eliminados. É necessária uma manutenção anual, para que os mais “teimosos” não voltem a surgir. Lembrando que na mulher, existem ao longo dos anos, alguns desequilíbrios hormonais naturais, que contribuem com o aparecimento de novos pelos.

A associação da técnica certa com um bom profissional e um aparelho qualificado e calibrado, com todas as trocas do diodo no seu prazo de vida útil esgotado, garantem depilações duradouras.

EXISTEM CONTRAINDICAÇÕES?

• Pacientes grávidas;

• Pacientes que estão usando medicamentos fotosensíveis;

• Uso de ácidos na região a ser tratada;

• Pacientes com histórico de formação de queloides;

• Pacientes que possuam doenças estimuladas pela luz, tais como vitiligo e psoríase são contraindicação relativa, com cautela e devidas orientações pode ser feito o laser sem problemas;

• Pacientes com histórico de câncer no local;

• Pelos brancos, muito loiros e ruivos não respondem ao tratamento.

DRA. VANESSA CRISTINA D´AGOSTINI (CREFITO 8/33635-F)