Cuidados com as crianças: Segurança em casa

Cuidados com as crianças: Segurança em casa

Pediatria

Os bebês e as crianças pequenas não sabem avaliar o risco e o perigo. Assim, os pais, avós, tios, e adultos, são os responsáveis pela sua proteção, segurança e por prevenir possíveis acidentes. A casa é o local onde acontecem mais acidentes, especialmente com crianças até aos 5 anos. Sabia, por exemplo, que as quedas são a principal causa de acidentes domésticos? Seguem-se os cortes, as queimaduras e as intoxicações.

Além disso, até aos 5 anos de idade, todos os dias há novas aprendizagens, curiosidades e experiências. Por isso, é fundamental criar um ambiente seguro, em que bebês e crianças possam crescer saudáveis, explorando o mundo que as rodeia. Se você tem filhos, analise e organize toda a casa para evitar possíveis acidentes.

CUIDADOS ESSENCIAIS

• Estabeleça regras de forma a orientar a criança na exploração do meio;

• Não se limite a proibir isto ou aquilo e explique à criança os perigos que existem e as suas consequências;

• Dê o exemplo: as crianças imitam os adultos;

• Não coloque cordões à volta do pescoço do bebé para segurar a chupeta;

• Procure ajuda médica de imediato, se o seu filho(a) engolir uma substância não alimentar.

CUIDADOS NO QUARTO

• Assim que a criança começar a tentar sair sozinha da cama de grades, opte por uma cama baixa com proteção lateral e ensine-a a descer;

• Nunca deixe uma criança pequena sozinha em cima de uma cama, sofá, bancada ou móvel;

• Arranje compartimentos próprios para arrumar todos os brinquedos e evite que estes estejam espalhados. Esses compartimentos devem ser seguros, sem tampas que possam cair e portas que se possam fechar por dentro;

• Mantenha as janelas bem fechadas e com fechos de proteção para que as crianças não consigam abri-las;

• Coloque produtos de higiene e medicamentos fora do alcance das crianças, de preferência em armários ou gavetas trancadas.

CUIDADOS NA SALA

• Móveis, prateleiras e estantes devem estar estáveis ou fixas à parede para que não exista o risco de tombarem;

• Se tem uma criança pequena a começar a andar, coloque dispositivos nas portas para que ela não entale os dedos;

• Proteja todas as tomadas elétricas - não só da sala - com protetores para evitar choques elétricos. Se possível, todas as tomadas devem ter ligação terra.

BRINQUEDOS E OUTROS OBJETOS

• Brincar em segurança é sinônimo de uma escolha correta do brinquedo, que deve ser sempre adaptado à idade da criança;

• Explore sempre os brinquedos novos de forma a certificar-se que não existem riscos/perigos para as crianças.

• Até aos 3 anos, os brinquedos não devem ter peças pequenas e facilmente destacáveis.

• Qualquer objeto interessante pode transformar-se num brinquedo para os mais novos. Botões, tampas, moedas, pregos, entre muitos outros, são objetos que se forem engolidos podem levar a criança a sufocar.

Dr. Daniel Fernando dos Santos (CRM/SC 14547 | RQE 7890)